Coluna da terça-feira


Colunas
15 de setembro de 2020 às 00h00min - Por Américo Rodrigo

Foto: Divulgação

Em busca do voto conservador

Na noite desta segunda-feira (14), o pré-candidato a prefeito de Caruaru, Raffiê Dellon (PSD), oficializou a pastora evangélica Roberta Antunes (PSD) como sua vice. Havia uma expectativa de que ele pudesse apresentar como companheiro de chapa o advogado Márcio Sales (PV), ou até mesmo o auditor estadual da Fazenda André Alexei (Solidariedade). O jovem manteve o suspense até o final da convenção.

Dentro da política, costumam dizer que vice bom é o que não atrapalha. Mesmo sendo desconhecida no meio, Roberta é bacharel em direito e lidera projetos sociais no município. A indicação também serve para fazer um contraponto a sua principal adversária, a prefeita Raquel Lyra (PSDB). Apesar de Raffiê ser o nome da oposição que conseguiu reunir mais partidos em torno do seu projeto, ele definiu por uma chapa puro sangue.

Cada vez mais forte desde as últimas eleições, o voto conservador passou a ser cobiçado pelos políticos. Raffiê tem se colocado como “o novo de verdade”, mas vai precisar provar na prática o que tem apresentado no discurso. Ele disputará essa fatia de votos com o Delegado Lessa (PP), que já transita há um tempo nesse público. A estratégia adotada por Dellon pode surtir efeito, mas são coisas que só o tempo irá dizer.

Prestígio – Reffiê chegou na convenção acompanhado do deputado e presidente do PSD em Pernambuco, André de Paula, que fez questão de participar da evento até o fim. O parlamentar ainda exaltou as qualidades do jovem. “podem cobrar de mim. Se esse rapaz não for o melhor prefeito da história de Caruaru, eu não quero mais ninguém votando em mim”, disse.

Apoio – Na tarde de ontem (14), o pré-candidato a prefeito de Caruaru, Delegado Lessa (PP), ofereceu um almoço para o deputado federal e presidente estadual do Republicanos, Silvio Costa Filho. No cardápio, as eleições de Caruaru. Em 2016 a sigla esteve presente no palanque da prefeita Raquel Lyra (PSDB), adversária de Lessa nessas eleições.

Sem paciência – Após o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT) anunciar em coletiva, que iria manter a sua pré-candidatura a prefeito do Recife, pouco tempo depois, o presidente nacional do Partido Democrático Trabalhista resolveu dissolver a direção municipal da sigla, que já tinha oficializado no domingo (13), o apoio a João Campos (PSB). Os movimentos de Túlio têm demonstrado que ele precisa, acima de tudo, aprender a não fazer política com o fígado.

Aliança – A partir das 10h de hoje (15), a delegada Patrícia Domingos (Podemos) e o deputado federal Daniel Coelho (Cidadania) vão realizar juntos uma entrevista coletiva. Ela recebeu ontem (14), o apoio do parlamentar, que decidiu declinar da pré-candidatura a prefeito do Recife. Amanhã (16), os dois partidos farão suas convenções, onde Daniel deve indicar um nome para compor a vice de Domingos.

Alteração – O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), anunciou ontem (14), o nome de Simão Durando (DEM) como pré-candidato a vice-prefeito na chapa majoritária que vai disputar a reeleição na cidade sertaneja. Nesta quarta (16), os dois nomes serão oficializados em convenção que será fechada para evitar aglomerações.


Comentários