Alberto Feitosa desafia Paulo Câmara a baixar o combustível


Notícias
14 de fevereiro de 2020 às 12h36min - Por Américo Rodrigo

Foto: Roberto Soares

O deputado estadual Alberto Feitosa (SD) usou mais uma vez a tribuna da Assembleia Legislativa para falar sobre o imposto cobrado sobre o combustível. Dessa vez, o deputado lançou um desafio ao Governo Estadual para mudar o valor da gasolina. O parlamentar também denunciou que a pesquisa realizada pelo Poder Executivo de Pernambuco e que deve ser apresentada ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), está errada, não seguindo os parâmetros da Agência Nacional do Petróleo há 13 meses. 

Quinzenalmente, o Estado é obrigado a realizar a pesquisa do valor médio dos postos e, desse valor, tributar 29%. Porém, desde dezembro de 2018 o valor cobrado está sendo R$ 4,60, não condizendo com os valores variáveis apresentados nas últimas tabelas.

Feitosa lançou um desafiou ao Poder Executivo, pedindo que o preço cobrado no combustível seja mudado a partir do dia 1º de março. “Se o Governo do Estado apresentar os valores corretos, poderá, a partir do dia 1º de março, diminuir R$ 0,10 por litro em cada bomba de combustível. Pernambuco precisa imediantamente assumir o protagonismo desse processo. Poderíamos sair na frente de todo o Brasil e sem necessitar de nenhuma ação do Governo Federal e da Assembleia Legislativa. Eu lanço esse desafio”, concluiu o deputado.


Comentários