Doriel propõe ações para reduzir impactos da pandemia em famílias rurais


Notícias
25 de março de 2020 às 14h59min - Por Américo Rodrigo

Foto: Roberto Soares

O deputado estadual e presidente do (PT) Doriel Barros, apresentou, à Assembleia Legislativa, ontem (24), um conjunto de indicações, visando contribuir para evitar a propagação do coronavírus e a redução dos impactos sociais e econômicos dessa pandemia na vida das famílias rurais e nas cidades do interior. Entre as propostas, está a de agilizar a liberação das emendas parlamentares impositivas, com prioridade às áreas de saúde e de infraestrutura hídrica.

No campo das ações preventivas, o parlamentar destaca a necessidade de que a vacinação da população idosa contra a gripe, nas zonas rurais dos municípios,  ocorra de forma domiciliar; que haja uma intensificação da atuação dos agentes de saúde nessas localidades para o atendimento a esse público; e que se crie, de forma emergencial, um grupo de trabalho, no Comitê Socioeconômico de Enfrentamento ao Coronavírus do Governo do Estado, com o objetivo de avaliar os riscos e garantir a segurança dos trabalhadores rurais e urbanos envolvidos na cadeia produtiva da cana-de-açúcar e de seus subprodutos (álcool, álcool em gel).

Como iniciativas para a redução dos impactos sociais da pandemia no campo, Doriel Barros está reivindicando a ampliação das ações sociais dos governos no atendimento a famílias agricultoras, assalariadas rurais e assentadas da reforma agrária, incluindo a liberação de cestas básicas; e o fornecimento de merenda escolar aos alunos das redes públicas do estado e dos municípios, especialmente os das zonas rurais. 

Ainda no sentido de socorrer a agricultura familiar, o parlamentar cobra das autoridades a agilidade na liberação do pagamento do benefício do Garantia-Safra a todos os agricultores e agricultoras que aderiram ao programa na safra 2018/2019 no Estado, o que também impactará positivamente na economia dos municípios. 

“O nosso mandato redirecionou R$100 mil de emendas parlamentares para o combate ao coronavírus, isso porque grande parte das nossas emendas já estava voltada para a melhoria de estruturas de saúde e da  infraestrutura hídrica no meio rural, além da oferta de crédito, elementos que também contribuirão com os trabalhadores e trabalhadoras do campo neste momento de tantos desafios”, concluiu.


Comentários