Cenário Político: Fernando Rodolfo caminha para ampliar votação


Colunas
14 de outubro de 2021 às 00h00min - Por Américo Rodrigo

Foto: Najara Araujo

Coluna da quinta

Naturalmente, quem exerce um cargo eletivo, trabalha com a ideia de renovar o mandato ampliando a votação, mas nem sempre o resultado é o esperado. Eleito em 2018 pelo extinto PHS, o deputado federal Fernando Rodolfo, que atualmente é vice-presidente estadual do PL, tem tudo para crescer nos números e permanecer entre os 25 representantes de Pernambuco na Câmara Federal.

Eleito sem o apoio de nenhum prefeito ou vereador, Fernando Rodolfo vem recebendo adesões em diversas regiões do estado, o que deve garantir ao parlamentar um bom resultado nas urnas. A tendência é de que Rodolfo também avance em Caruaru, com chances de ultrapassar a quantidade de votos de Wolney Queiroz (PDT), que há várias eleições é o majoritário no município.

Com as mudanças na regra eleitoral já confirmadas para o próximo ano e a dificuldade de montar chapas, nomes como o dos deputados Pastor Eurico (Patriota) e até mesmo André Ferreira (PSC) podem desembarcar no PL, fazendo da sigla um espaço atrativo e consequentemente favorecendo para que Fernando Rodolfo alcance a reeleição de maneira mais confortável.

Simbólico – A parceria firmada entre o vereador Filipe José (PTB) e o deputado Fernando Rodolfo (PL) não se trata apenas de um apoio eleitoral, mas o início da relação do congressista com a Câmara de Caruaru, considerando que nenhum candidato do seu grupo foi eleito para a Casa Jornalista José Carlos Florêncio em 2020.

Trégua – Com o futuro indefinido dentro do PDT, o deputado Túlio Gadêlha afirmou que ainda bota fé na construção de uma frente entre petistas e pedetistas para 2022. A declaração veio após uma troca de farpas entre o ex-ministro Ciro Gomes e ex-presidente Dilma Rousseff nas redes sociais.

Medida – O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, entrou com ação civil pública contra o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Ambos são acusados de lucrar com informações privilegiadas do Brasil e contas em paraísos fiscais.

Regresso – O ministro do STF Alexandre de Moraes, decidiu que o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, retorne imediatamente para Bangu 8 assim que tiver alta do hospital onde está internado. A defesa do ex-deputado pediu o relaxamento da prisão preventiva para domiciliar, o que foi negado por Moraes.

Alternativa – O presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou, ontem (13), que a distribuição gratuita de absorventes é uma questão básica que precisa ser assegurada por meio da busca de recursos para a manutenção do benefício. O senador avaliou ser possível assegurar recursos para investir em uma questão social tão relevante no combate à pobreza menstrual.