Cenário Político: o novo alvo de Ciro


Colunas
19 de novembro de 2021 às 00h00min - Por Américo Rodrigo

Foto: Sérgio Lima

Coluna da sexta

Com as ausências do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do ex-presidente Lula (PT), que nos últimos dias cumpriram uma série de agendas fora do Brasil, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) partiu para o ataque contra o ex-juiz Sergio Moro. Ambos disputam o protagonismo de uma terceira via fragmentada e que ainda não deu indícios que pode decolar. Após a filiação de Moro ao Podemos, onde praticamente foi dada a largada da sua pré-campanha, o sinal de alerta foi ligado na cúpula pedetista. Isso porque na última pesquisa realizada pela Instituto Genial/Quest, o lavajatista já surge em 3º lugar com 8%, dois à frente de Ciro. O discurso raivoso do pré-candidato do PDT já não convence mais e a chance de sair do processo eleitoral menor do que entrou não é algo muito distante.

Estratégia
Recentemente, o ex-juiz Sergio Moro anunciou uma pequena turnê para fazer o lançamento do seu livro em algumas capitais, entre elas, Recife. Os eventos também servirão para impulsionar sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto.

Economia
Sergio Moro escolheu Affonso Celso Pastore como conselheiro econômico para a disputa presidencial de 2022. O anúncio foi feito durante uma entrevistando programa de Pedro Bial. Pastore foi presidente do Banco Central entre 1983 e 1985, durante o governo do ex-presidente João Figueiredo.

Incômodo
Pelo visto, o deputado federal Fernando Rodolfo ainda segue incomodado com as movimentações políticas do grupo oposicionista onde seu partido está inserido. Único representante do PL pernambucano em Brasília, o parlamentar ainda não foi visto em nenhum dos eventos realizados pelo Levanta Pernambuco.

Lançamento
A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe reuniu a imprensa nesta quinta-feira (18), para apresentar os detalhes do ‘Natal Encantado’. No total, seis ruas e avenidas receberão decoração natalina a partir do dia 28 de novembro. O projeto também servirá para contribuir com o aquecimento do comércio da cidade, que naturalmente aumenta as vendas no período.

Primeira vez
Após quase 11 meses de espera, os novos vereadores eleitos em 2020 passaram a utilizar a tribuna da Câmara de Caruaru. A expectativa e a alegria dos parlamentares era grande, ficando evidenciadas em cada discurso realizado. A suspensão foi devido ao período de pandemia.