Romero Albuquerque critica promessas não cumpridas do PSB


Notícias
13 de maio de 2022 às 18h00min - Por Américo Rodrigo

Foto: Roberto Soares

“Em ano eleitoral, o dinheiro brota”, disparou o deputado Romero Albuquerque. A fala foi uma crítica não à triplicação da BR-232, mas ao prazo escolhido pelo Governo do Estado para tocar o serviço. De acordo com o deputado, em 2014, Paulo Câmara já prometia melhorias na via. Ele disse que, para piorar, a obra no trecho entre o Recife e Jaboatão estava parada no fim de semana, e reclamou ainda da falta de sinalização e de buracos nos dois sentidos da pista local, que está sendo usada para desviar o trânsito. 

“Imagine ficar em um engarrafamento de duas horas todos os dias. É um pesadelo na vida do trabalhador!”, disse. “Nos dois sentidos, a pista local está quase que totalmente esburacada. A situação, que já é caótica, fica ainda pior”, completou. 

O deputado estadual ainda afirmou que “a obra tem um caráter eleitoreiro”. “Um intervenção gigantesca, com investimento acima dos R$100 milhões e com prazo de 1 ano. Por que somente agora?”, perguntou. Albuquerque ainda criticou a promessa de duplicação da estrada até Serra Talhada, anunciada por Danilo Cabral, pré-candidato do PSB ao Governo de Pernambuco.

“A maioria das promessas do PSB têm, pelo menos, de 9 a 10 anos, e não foram cumpridas. Hospitais, passagem, estradas… A promessa de Danilo Cabral é reciclagem das promessas de Paulo Câmara. Em 2014, a promessa era ir até Arcoverde. Em 2018, até Serra Talhada. Isso é brincar com o sonho das pessoas. Prometa cuidar das rodovias estaduais, como a PE-45, entre Vitória e Escada. Prometa, mas cumpra!”, disse.